A tribo que esqueceu como fazer fogo

Devemos viver o Evangelho alimentando sempre o fogo do Espirito Santo em nós

2981
Devemos viver o Evangelho alimentando sempre o fogo do Espirito Santo em nós

Havia, na pré-história, uma tribo que só comia alimentos crus. Eles não sabiam cozinhar. Também as noites de frio eram muito tristes.

Um dia, apareceu na tribo um jovem que lhes ensinou a fazer fogo. Todos os que aprenderam passaram a cozinhar alimentos e comê-los com mais alegria. Usavam também o fogo para se aquecer nas noites frias.

O jovem foi embora daquela tribo e as pessoas falavam dele com muito carinho. Fizeram até uma estátua dele.

Entretanto, com o tempo foram, aos poucos deixando de acender fogo, até se esquecerem como fazê-lo. Os alimentos já não eram mais cozidos e o frio voltou a dominar as noites de inverno.

A história pode não ter acontecido. Mas outra bem parecida acontece, e muito. Jesus veio à nossa tribo, ensinou-nos o fogo da Boa Nova. Nós nos alegramos, mas com o tempo o esquecemos, passando a viver a vida velha triste do pecado, do egoísmo e da desunião.

Pedimos ao Espírito Santo que venha depressa trazer-nos novamente o fogo do amor e reensinar-nos o Evangelho de Jesus.

“Nasceu para nós um menino. O poder de governar está nos seus ombros. Seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Príncipe da Paz” (Is 9,5). (Adaptada do Natal em Família.)